Por que os exus riem

PORQUE OS EXUS RIEM?

Ao longo dos anos na Umbanda eu me pus a reparar que, algumas vezes quando um Exu dava uma consulta geralmente dava gostosas gargalhadas.

Eu nunca entendia porque.

Como não queria ser insolente, nunca perguntei, apenas observava e meditava sobre o fato.

Até que um dia, um dos “Mestres da Magia” após uma consulta me chamou… – Nêgo à toa, venha cá, me dê um marafo (whisky) e venha beber comigo.

Confesso que fiquei lisonjeado! Eu os trato como “Mestres da Magia” e eles sempre me trataram como Nêgo à toa, isso sempre foi assim durante meus vinte e oito anos de Umbanda e em todos os terreiros que visitei (só para esclarecer).

Sentei-me com a garrafa de whisky, um copo adequado para ele e uma cuia para mim..

.Fui repreendido! -Dê a cuia aos Pretos Velhos, eles já são sábios, pegue um copo adequado para você, pois ainda estamos aprendendo e não podemos deixar de aprender com eles “A Simplicidade”, por enquanto devemos ser o que somos… Aprendizes! O que falar, o que dizer?! Calei-me. Sentado, apreensivo com medo de bronca, ouvi o seguinte: – Nêgo à toa, nosso riso traduz-se em lágrimas.

Atravessamos dimensões, para ouvi-los, ensinar e aprender, acima de tudo servir! Abrimos nossos corações, mentes e falas simplesmente para servi-los, nada mais.

Mas na maioria das vezes tudo o que ouvimos são mentiras, lamúria, queixumes, disfarces, lágrimas mentirosas, covardias, mentiras, calunias, e pedidos descabidos como se fossemos assassinos. E a magia se apaga.

Não há lugar para mentiras e falsidades na espiritualidade.

-Não pense que há deboche nas risadas dos Exus, há sim Lágrimas!

Pois sabemos que, quem não está pronto para pedir, não está pronto para receber! Nossos risos algumas vezes é também de alegria por tirarmos boas almas de verdadeiros purgatórios.

Ainda há gargalhadas de vitórias do bem sob o mal, ou ainda rimos sim, do tipo de captura não esperada que utilizamos com os magos negros do astral..

.Fora que o riso e a alegria diluem certas magias e ações do mal.

-A justiça é cega Nêgo à toa, porque ela deseja inocentar. A justiça as vezes é manca, ela sempre nos parece tardia, é que ela sempre espera que nós nos arrependamos.

A justiça irmão meu, é divina, não castiga, nem perdoa, simplesmente executa a lei!

A justiça como executadora da lei divina, tem seus Guardiões, esse Nêgo à toa, somos nós, os Exus.

Os guardiões executadores da lei maior.

Agimos nas Trevas pela luz! Assim como os Guardiões da Luz, que agem na luz pelas trevas (da Ignorância) -Nêgo à toa, toda as vezes que dizemos trevas, queremos dizer IGNORÂNCIA!!! Somos todos membros do mesmo corpo cósmico – o Deus Supremo! Somos o que merecemos hoje, para um dia, sermos o que nosso Pai Maior deseja, unos (unidade) com ele.

Lembre-se que você não é “à toa” nunca lhe tratamos assim! Você é “Nêgo Athoá”, que significa nosso irmão! Chore enquanto pode, para nunca sorrir disfarçadamente. Vejam que ironia.

Eles me tratavam como irmão Athoá, e eu ouvia à toa, (sem valor)… Pedi desculpas por tantos anos de ouvidos tortos.

O Guardião me Respondeu: – Não se apoquente Athoá, o tempo com tempo, tem tempo… Nesta noite houve A NOSSA UNIÃO!

Eu, engasgado em lagrimas, nada mais falei, pois não tinha condições.

O guardião compreendeu meu embaraço, tocou meus ombros e disse: – Boa noite irmão meu, hoje se fez luz nas trevas!

AVANTE SEMPRE, MEUS IRMÃOS EM OXÁLA! QUE A PAZ DO SENHOR, ESTEJA COM TODOS.

Esse mestre da Magia foi o Senhor Guardião, Exú Pimenta.

Pomba gira, é uma entidade que atua na umbanda….suas raizes remontam ao mito de lilith da mulher que não se submete aos homens

******************************

Pomba Gira são as entidades mais polêmicas que conheci em todos os meus anos de estudo e trabalho. Muito se diz sobre estas entidades: que foram mulheres da vida e que ao morrer se transformaram, que são espíritos demoníacos, que pervertem a sexualidade das pessoas, afastam casais, aproximam, enfim, todo tipo de adjetivos tem sido dada a essas grandes guerreiras do mundo astral. O que escrevo aqui sobre elas, é baseado nos meus anos de observação e convívio com a entidade, e obviamente poderá não ser a opinião de outros sacerdotes ou médiuns.

O conceito que formei sobre quem são elas é simples: são seres do mundo astral, guerreiras tanto quanto Exú, que estão bem próximas de nossa esfera humana, algumas já se reencarnaram e outras não. Cresci, convivendo na Umbanda e conhecendo de perto Maria Padilha, 7 Saias, Pomba Gira das Almas. Lembro-me que Maria Padilha tinha uma médium que a incorporava, e havia ganhado de presente de um cliente goiano uma enorme cobra. Quando referido senhor foi entregá-la, vi a entidade pegá-la, enrolar em todo o seu corpo e fazer com que ela bebesse da mesma champagne que estava bebendo. Todas as vezes que Maria Padilha vinha em terra, bastava abrir o viveiro e o réptil vinha ao encontro dela e ali permanecia em seu colo todo tempo de sua presença no médium. Tive oportunidade durante 8 anos de vê-la bem, assim como as outras que pertenciam a várias médiuns do terreiro, realizarem inúmeros trabalhos: ajudar a vencer obstáculos, a ser feliz no amor, vencer problemas de saúde de desarmonia conjugal, e muitas outras mazelas que as pessoas vinham trazer e buscar auxílio.

A Pomba-Gira se subdivide em uma enorme legião onde cada qual tem seu nome próprio, conforme sua área de atividade. Temos a linha das que pertencem às encruzilhadas como Pomba Gira Rainha das 7 Encruzilhadas, tendo a linha do cemitério liderada pela Pomba-Gira da Calunga, com sua legião. Temos a linha das ciganas, lideradas pela Pomba-Gira Cigana, a linha ligada aos locais ermos, sendo liderada pela Pomba-Gira, Maria Mulambo, entidade muito perigosa e poderosa nos casos de demanda, pois toda demanda entregue a ela dificilmente deixa de ter bom resultado. Com relação as suas manifestações nos médiuns, normalmente como mulheres, suas legiões podem adotar nomes femininos, como por exemplo: Pomba-Gira Rosa, mas pertencendo a esta ou aquela linha liderada pela chefe correspondente.

Não existem, conhecidos, filhos da entidade Pomba-Gira. Até alguns anos atrás se afirmava que ela não incorporava em filhos homens, mas hoje vemos muitos médiuns masculinos que incorporam alguma delas. É muito comentado que médiuns que as recebem acabam tendo suas vidas sexuais pervertidas, mas pela experiência do que assisti durante anos, essa perversão não existe, o que entra aqui em ação é o caráter do médium, que se aproveita do caráter sensual da entidade para expor seus recalques subconscientes. Não conheci nestes anos todos nenhuma mulher que desencaminhou sua moral por culpa de sua Pomba-Gira, por inúmeras vezes, cheguei a presenciar as Pombas Giras aconselhando suas médiuns no bom caminho e no respeito a seus companheiros. Nunca vi também nenhum homem se transformar sexualmente por culpa das entidades, o que vi ocorrer foram mudanças vir à tona, mas já existentes no caráter do médium.

Uma coisa é muito certa, todo e qualquer problema que colocamos nas mãos de qualquer uma delas tem solução. Sua força é guerreira, sua vibração magnética é carregada de sensualidade e alegria, tanto que sua chegada nos médiuns é sempre alegre, solta e sensual. Exú tem ligação com a força sexual criativa, e a Pomba Gira por sua vez com a circulação dessa energia criativa existente na vida e no Universo. Lamentavelmente sua reputação se tornou péssima devido a erros de incorporação dos próprios médiuns, que por falta de instrução de seus Babalorixas ou por deturpações pessoais as transformaram em seres com fama de depravadas, libidinosas e cruéis.

Suas oferendas são inúmeras, sempre acompanhadas de champagne, de boa qualidade, bons vinhos, bebidas fortes como o gim ou a pinga. A ela oferecemos charutos e cigarros de boa qualidade, flores vermelhas, sempre em numero impar, farofas de dendê, mel, de licor de anis (uma de suas bebidas preferidas), espelhos, enfeites, jóias, bijuterias de boa qualidade, anéis, batons, perfumes, enfim todo o aparato que toda mulher gosta e preza.

Seus locais para oferenda são variados, conforme expliquei acima, tudo depende de qual delas esta sendo chamada para seus pedidos. Suas cores predominantes são o preto e o vermelho, seus colares também, suas indumentárias as saias rodadas pretas e vermelhas, blusas de brocado e muitos enfeites.

O importante ao invocá-las é sempre lembrar que, são entidades complexas de personalidade forte, e que nunca perdoam uma falta de palavra dada. O importante também é não invocá-las para trazer prejuízo a outrem, porque elas farão com certeza, mas a dívida kármica adquirida ficará por conta de quem pediu.

Contam as lendas que podemos senti-las à noite pelas ruas, perfumadas e enfeitadas, percorrendo os caminhos dos seres humanos, os lugares ermos, os lugares movimentados, os locais onde tenham música e alegria.

Quanto ao seu aspecto sensual, faz parte de sua polaridade, não querendo significar com isso depravação ou perversão. Como disse atrás até hoje não conheci nenhuma mulher que tenha deixado de ser honesta por culpa de qualquer uma delas.

Se nossas amigas do invisível, quando encarnadas, foram mulheres honestas ou não, creio não ser de nossa competência avaliar isso, pois usando de uma frase vulgar, mas sabia, os caminhos de Deus são desconhecidos. O importante é que elas existem com certeza, e isto presenciei, assisti e convivi, e as tenho hoje como minhas lindas amigas guardiãs que me ajudam no meu trabalho auxiliando meu próximo.

A elas o meu respeito e minha admiração, por seu carinho em socorrer a nos seres aqui encarnados.

  • Av. Dona Sofhia Rasgulaeff 177.
    Jardim Alvorada/ Maringá /Paraná
    Telefone: (44) 3034-5827 (44) 99956-8463
    Consultas Somente com Hora Marcada.
    Atendimento: de Segunda a sexta-feira
    Das 09:00 as 19:00 horas.
    Não damos consultas:
    via WhatsApp ou via E-mail e mensagens de celular.



Esta entrada foi publicada em Linhas de Quimbanda-Exu. Adicione o link permanente aos seus favoritos.