Os filhos de Yemanjá

Os filhos de Yemanjá

Iemanjá, a “Rainha dos Mares” é uma Orixá de harmonia, calma, determinação e generosidade. Ela representa a família, a maternidade e o amor. Iemanjá é uma das orixás femininas mais populares do Brasil.

Sua data tradicional é o dia 2 de fevereiro, embora também seja comumente celebrada na virada do ano, em 31 de dezembro, quando seus devotos lançam oferendas ao mar.

As cores de Iemanjá, azul, branco e verde claro, estão relacionadas com a sua ligação à água do mar.

Como todo Orixá, Iemanjá também tem seus filhos, aqueles que mais se dedicam para ela e os quais ela guia e protege.

Ser filho de um Orixá não é uma regra que se descobre com certeza.

Qualquer pessoa pode ter Iemanjá como guia, basta descobrir.

A ligação pode ser astrológica, pois as características de um signo podem ser semelhantes as características de um Orixá. Iemanjá se relaciona com o signo de Peixes, então os nascidos entre 20 de fevereiro e 20 de março podem ser seus filhos.

A ligação pode ser de afinidade com as características dos filhos ou um Pai de Santo pode dizer isso ao sentir a sua energia.

Assim como Iemanjá se relaciona à família, seus filhos também possuem essas características.

Eles estão ligados ao arquétipo maternal. São extremamente companheiros e leais, se devotam com afinco a tudo o que fazem.

Eles são muito empáticos e tendem a se envolver emocionalmente com os problemas dos outros quando tentam ajudá-los.

Também são muito tradicionais, no sentido em que apreciam seu cotidiano e prezam por sua rotina.

Embora apreciem luxo e riqueza, não são superficiais.

Eles sempre têm as pessoas como parte mais importante de suas vidas, embora às vezes possam ser controladores em suas tentativas de proteger a quem amam.

Outra característica negativa dos filhos de Iemanjá é a sua desconfiança e dificuldade em perdoar. Às vezes guardam o rancor de uma ofensa por anos. Quando existe desconfiança, eles demoram a realmente considerar alguém um amigo.

Mas quando o faz, tem a pessoa na mais alta estima e a aceita por completo.

Talvez seja por isso que, quando um amigo lhe trai de qualquer forma, ele não consiga aceitar.

Os filhos de Iemanjá conhecem bem a natureza humana, tanto seu lado bom quanto o ruim. Eles são muito justos e transmitem respeito por onde passam.

Sua natureza doce combina com sua imponência: eles são majestosos, assim como sua mãe e guia. Determinados, generosos e sempre fascinantes, eles detestariam viver sozinhos. Precisam estar cercados de quem amam para serem totalmente felizes.
Qualidades de Iemanjá

Iemanjá possui características muito particulares e próprias.

Regente da inteligência humana, as qualidades de Iemanjá são muito importantes, pois transforma-a praticamente em Orixás individuais.
Mas é preciso destacar que este aspecto ainda é fruto de estudos e pesquisas.

Enquanto isto, muitas nações continuam a considerá-la como Orixá única.

Veja abaixo algumas das qualidades:
Iemanjá Asagba ou Sobá Ligada a Airá, lufã e Orunmilá, é responsável por fiar algodão.

Usa corrente de prata no tornozelo e carrega consigo um Abebé.

Sua energia está ligada a espuma branca do mar e dos rios, e é vista sempre vestindo branco e prata.
Iemanjá Akurá Vive nas espumas do mar, aparece vestida com lodo do mar e coberta de algas marinhas.

Muito rica e pouco vaidosa. Adora carneiro e possui forte ligação com Nanã.
Iemanjá Iyá Odo Para alguns é a considerada mãe de Oxun.

Vive às margens de todos os rios, representando o Ajubó ancestral.

Além disso, é ligada ao Orixá Oxalufan.
Iemanjá Iya Awoyò A mais velha das Orixás, possui ligação com Oxalá, Oxumarê e Xangô.

Sempre vista vestindo branco perolado e cristal é responsável pelas marés.
Iemanjá Malèlèo ou Maylewo Vive nos grandes lagos e é considerada muito tímida.

Diz a lenda que não se pode tocar no rosto do Iyawò, veste verde claro e branco prateado.
Iemanjá Iyá Ógunté Mãe do rio Ógun, é considerada uma grande guerreira.

Usando uma espada e carregando um Abebé, tem ligação com Ogum e Oxaguian.

Veste sempre azul claro e branco perolado.
Iemanjá Sessu, Iyasessu Ligada a Babá e Olokun é considerada muito voluntariosa e respeitável. Vive nas águas agitadas da costa e está sempre vestida de verde e branco.
Iemanjá Olossá ou Oloxá Ligada a com Oxum e Nanã é a mais velha da terra de Egbado. Vestindo verde-claro e com suas contas branco cristal, está Orixá não possui iniciados no Brasil.
Iemanjá Iya Massê Mãe de xangô.


Oferenda para Iemanjá

YEMANJÁ

IMPORTANTE: toda oferenda deve ser orientada por alguém responsável do Candomblé ou Umbanda, cada Orixá possui suas peculiaridades que devem ser respeitadas e guiadas por quem os conhecem após anos de prática na religião.

Os pedidos feitos à mãe Iemanjá, geralmente, são acompanhados de oferendas. Roupas, velas, alimentos e flores como rosas, palmas brancas, orquídeas e crisântemos brancos, são oferecidos à divindade.

Consideradas verdadeiros presentes, estas oferendas para Iemanjá devem ser entregues preferencialmente à beira mar. No caso de alimentos ou produtos perecíveis, a entrega deve ser feita em um local como um campo ou mata.

Alguns ingredientes são muito característicos nestas oferendas à Iemanjá.

Geralmente os preparados levam peixe, camarão, arroz, canjica, manjar e mamão. Veja alguns pratos tradicionais da cozinha ritualística para Iemanjá:

Canjica Branca: preparar a canjica em uma tigela de louça branca, acrescentar leite de coro, mel e uvas brancas (as uvas são opcionais).
Canjica Cozida: a canjica e refogada com azeite de dendê, cebola e camarão.
Manjar do Céu: preparado com leite, amido de milho, leite de coco e açúcar.
Sagu de Leite de Coco: Depois do sagu inchado, refogar com leite de coco de modo a fazer um mingau grosso, em seguida colocar em uma tigela de louça branca.
Peixe de Iemanjá: Cozinhe o peixe com cheiro verde, coentro, tomate e cebola. Não use sal e fique atento para o peixe não desmanchar.

Dia de Iemanjá

Comemorado no Brasil no dia 02 de fevereiro, o Dia de Iemanjá é marcado por celebrações, rituais e oferendas.
No Brasil a maior festa em homenagem à ela acontece na Bahia, na cidade de Salvador. Anualmente, no dia 02/02, fiéis se reúnem vestidos de branco, e saem em procissão. Outra festa importante que acontece para Iemanjá, é a realizada no Rio de Janeiro. O tradicional Banho de Pipoca é acompanhado por pessoas de diversas religiões.

Alguns locais também comemoram o Dia de Iemanjá no dia 08 de dezembro. Esta data é comemorada principalmente na cidade de São Paulo, devido à relação ao dia de Nossa Senhora da Conceição.
O dia da semana destinado à Iemanjá é o sábado.
Cores de Iemanjá

Iemanjá tem como principais cores o azul claro, o branco e o prata. As três cores, que estão quase sempre presentes em suas vestimentas e em seus adornos, representam todo seu mistério (associado ao fundo do mar) e também a sua vaidade.

 

      yemanja_rainha_do_mar

  • Av. Dona Sofhia Rasgulaeff 177.
    Jardim Alvorada/ Maringá /Paraná
    Telefone: (44) 3034-5827 (44) 99956-8463
    Consultas Somente com Hora Marcada.
    Atendimento: de Segunda a sexta-feira
    Das 09:00 as 19:00 horas.
    Não damos consultas:
    via WhatsApp ou via E-mail e mensagens de celular.



Esta entrada foi publicada em Caracteristicas dos filhos dos Orixás. Adicione o link permanente aos seus favoritos.