Oração às Mulheres – Por Zé Pilintra

Oração às Mulheres – Por Zé Pilintra

Criaturas fascinantes, as mulheres… Delicadas e fortes, ao mesmo tempo. Têm a delicadeza do amor na alma e, ao mesmo tempo, a força de uma vontade determinada nas ações.
São corações da mais pura Eternidade, transitoriamente vestidos de carne.

Não há quem não se renda aos seus encantos. Não somente aos da beleza física, mas principalmente ao encantamento do seu poder de tudo transformar. Toda mulher é uma usina de força que transforma para melhor aquilo que toca.

No lar, a mulher é a companheira incansável e amiga, a mãe ou a irmã que nos conforta e orienta; e sempre a guerreira que nos ajuda a enfrentar os desafios da vida. No trabalho, tem as mãos dedicadas a construir, para o bem-estar de todos. Nas artes, é poeta de grande alma, é a cantora dos sons e tons mais sublimes. E em tudo ela desenha e espalha seus valores elevados, dando mais cor e brilho às nossas vidas…

Quando eu olho para uma mulher, ali enxergo a Mão Divina a amparar a Criação.

O toque suave, o amor que se transmite a cada gesto, a pureza do afago que conforta e que nos doa a energia curadora dos sentimentos mais nobres.

A presença da mulher nos envolve numa onda de luz que não se encontra em parte alguma…

Ela nos convida a refletir mais um pouco a respeito da grandeza da Vida, e nos transporta para um mundo de sonhos e esperanças…
A dura racionalidade do homem nada seria capaz de realizar, sem o auxílio da amorosidade natural da mulher. As mulheres estão no mundo para nos ensinar a viver com humanidade, no sentido mais elevado da palavra: elas nos ensinam a abrir mão das vaidades passageiras para alcançarmos a Eternidade do Amor Divino, a todo o instante.
Não sei de que segredos são feitas as mulheres…

Pois elas são como a brisa que sussurra paz e serenidade; como a chuva que traz o frescor e o conforto de um banho de limpeza; como o sol que brilha e faz brilhar tudo o que toca; como a noite que nos traz o descanso e a reflexão mais paciente; como o oceano profundo a murmurar encantamento e magia.

São flores perfumadas, incensando o mundo com seus valores e talentos amorosos…
Todas são belas, cada uma a seu modo. Todas são incomparáveis.
Todas são Divinas porque aprenderam a amar em silêncio, sem perguntas, e a nos emprestar suas forças― fazendo crer, humildemente, que tal força é nossa, que nós é que somos fortes…
São ventres sagrados do mais puro amor, carregando a Luz da Vida. Não precisam gerar filhos da carne para essa doação de luz, porque carregam a luminosidade do amor dentro de si e geram luz por onde passam. E assim elas nos inspiram e contagiam, tornando-nos melhores…
Alguém disse que “atrás de um grande homem existe uma grande mulher”. Não penso assim!
Em verdade, percebo que à frente de todo homem, com certeza, caminha uma grande mulher! Mas é que as mulheres não costumam exibir seus talentos, elas se cobrem com o manto da invisibilidade, pela nobreza que lhes vai à alma, pensam no todo e não reclamam prêmio algum por tudo o que fazem em nosso benefício…

Porém, é sempre uma mulher que nos dá forças, nos momentos decisivos: iluminando o caminho, abrindo espaços e ainda fazendo a retaguarda, pela potência do amor que toda mulher traz em si mesma; e nos orientando com sabedoria, pela capacidade que tem toda mulher de enxergar possibilidades de vitória diante de quaisquer obstáculos. Pois onde a força bruta nada conseguiu, o amor feminino acalma e pacifica, derrubando as barreiras do ódio, libertando e transformando os mais duros corações…
Por isso, a todas as mulheres eu agradeço e peço a bênção.

Agradeço pelo exemplo e peço a bênção dos seus corações magnânimos. Peço que orem por todos nós, ó mãezinhas, irmãs, companheiras e amigas. E que olhem pelas crianças que andam nas ruas, pelos órfãos e os aflitos. Não desistam de nos ensinar a ciência de amar só por amar, sem esperar troca. Não desistam de cuidar dos que ainda vivem atordoados pelas ilusões do mundo transitório.

Quando eu as vejo nas portas dos presídios, a soluçar pelos companheiros, filhos ou irmãos encarcerados e desprezados pelo mundo, dentro de mim grita a voz da certeza num mundo melhor― que há de brotar desse amor incomensurável.

Quem poderá suplantar esse amor? Quem poderá igualar tal exemplo de bondade e compaixão?
Benditas sejam, pois, todas as mulheres, em seus mistérios e encantos!…

E que o Divino Pai-Mãe da Criação as cubra com Seu Manto de Luz e Caridade― preservando a inigualável força amorosa que carregam―, pois somente delas, deste amor que as move, é que poderá vir mais paz ao mundo…
Mensagem transmitida pelo Sr. Zé Pilintra

Tudo bem?

Deus abençoe vocês! Boa semana! Bom mês! Bom ano!

Peguem esse Axé que vocês receberam hoje

E distribuam nas suas casas, para os seus familiares,

Principalmente aquele que vocês brigaram,

Que vocês maltrataram, ou vice e versa.

Dêem um abraço, confraternizem, espalhem esse Axé.

Quanto mais vocês espalharem, mais vocês receberão.

Para vocês receberem Axé, poder de realização,

Vocês têm que saber dar este Axé, que vocês recebem aqui,

Em todos os trabalhos que participam,

Sejam esta turma ou outras, porque vocês são um Grupo.

E quando um irmão não está presente, trabalhando,

E o outro está, a corrente fica permanente

E todos recebem o Axé desta Casa, por igual.

Então, basta espalhar este Axé contínuo,

Aos seus familiares e amigos,

Na sua casa, no seu ambiente de trabalho,

Que esta corrente de Axé, se perpetua em força, em poder

E pode se tornar infinita em amplitude…

Se vocês passam a vida criticando os semelhantes,

Então, não é mais crítica, é julgamento.

Se nós vivemos cobrando algo de alguém,

É porque nós estamos devendo também.

Então, é bom nessa hora, vocês pensarem,

Quando se vêem criticando,

Com certeza, não estão criticando os outros,

Estão criticando vocês mesmos.

Agora pensem, se apontam um dedo para um irmão,

Têm três dedos apontados para vocês.

Parem de apontar o dedo para os outros.

Apontem para vocês

E vejam o que vocês precisam melhorar em vocês mesmos.

Se cada um melhorasse sua própria vida,

O mundo ficaria melhor.

Não é mesmo?

Deus abençoe vocês!

Estou muito, muito, muito feliz.

Foi outro dia de Axé.

Outro dia de realização

De um trabalho que já estava sendo feito no Astral.

E só veio concretizar aqui, hoje.

Peçam a Deus que tudo o que é realizado aqui,

Se espalhe no infinito, a todos os irmãos

Que vocês conhecem e os que não conhecem, também.

Peçam do fundo de sua alma.

Que a Luz de Oxalá, que a Luz de Nosso Senhor Jesus Cristo,

Ilumine a todos para melhor, sem fanatismo,

Sem jogar a sua verdade na cara do outro.

A tua verdade é boa para você.

A tua verdade é o tesouro que você guarda para si mesmo.

Ninguém consegue enxergar. Só você mesmo.

O outro só consegue enxergar a tua verdade,

Quando 100% dela, reside em você.

Você pode expor a tua verdade para os irmãos que querem ver.

Você não pode impor a tua verdade.

Muita gente morre por isso.

Achar que a verdade de um, prevalece sobre a verdade do outro.

A nossa verdade é Deus.

A verdade de todas as religiões do mundo, é Deus.

As outras, cada um vai seguir a sua.

Todos somos irmãos em Deus,

Então, não tem porque uma verdade de um, prevalecer.

Deus é Pai e Mãe.

Já viu uma mãe amar mais um filho do que outro?

Ela que gerou o filho dentro dela.

Se tiver 10, os ama igual.

O pai ama igual, também.

Não sei porque estou falando tudo isso.

Eu estou falando…

Eu também peço para alguém me ajudar a falar.

Então, estou falando…

Quando a gente fala com o coração, é uma oração também.

A palavra bem dita, é uma palavra sagrada.

Uma palavra mal dita, é maldição.

E o verbo se fez.

Não foi assim? Saiu tudo pela boca.

Deus não disse:

“Que se crie”?

Olorum não assoprou e não deu a vida?

Aqui é assim, também.

Nossa palavra é santa, ou não.

A palavra que você fala torta,

É o veneno que você bebe para se matar.

A palavra mal dita na frente e por traz da pessoa,

É o veneno que vai lhe matar mais tarde.

A palavra bem dita, a um semelhante,

É o bálsamo que vai lhe curar.

Isso é uma certeza.

Deus abençoe!

Salve!

  • Av. Dona Sofhia Rasgulaeff 177.
    Jardim Alvorada/ Maringá /Paraná
    Telefone: (44) 3034-5827 (44) 99956-8463
    Consultas Somente com Hora Marcada.
    Atendimento: de Segunda a sexta-feira
    Das 09:00 as 19:00 horas.
    Não damos consultas:
    via WhatsApp ou via E-mail e mensagens de celular.



Esta entrada foi publicada em Orações Diversas. Adicione o link permanente aos seus favoritos.