Defumação de preto velho

Defumação de preto velho

para atrair Prosperidade e fartura ao seu negocio;

A defumação de Preto Velho é uma excelente técnica utilizada para elevar a energia espiritual de um ambiente, emanando a essência de ervas místicas de maneira eficiente para o pedido realizado. Para isso, existem ainda diversas formas de realizar uma defumação caseira com ingredientes simples e fáceis de encontrar.

Uma defumação caseira, se feita corretamente, pode ser extremamente eficaz em sincronizar as energias do ambiente com relação às que movimentam também a vida financeira. Assim, pode-se através dela, potencializar os resultados de nossos esforços profissionais, conquistando um maior sucesso e tranquilidade em nosso negócio.

Você vai precisar de:

7 galhos secos de erva doce;
7 punhados de folhas secas de louro;
7 punhados de camomila seca;
3 punhados de açúcar;
3 punhados de pó de café.
um pote ou vasilha pra misturar as ervas, o café e o açúcar;
alguns pedaços de carvão;
uma vasilha ou lata de metal.

Passo-a-passo DA defumação de Preto Velho

Acenda o carvão na vasilha de metal até deixá-lo em brasa viva;
Vá jogando as ervas misturadas no carvão aceso aos poucos;
Enquanto as ervas exalam, vá para a parte da frente do seu comércio;
A defumação deve ser feita a partir da frente, para a parte de trás do imóvel;
Ande pelos cômodos do seu comércio, defumando aos poucos, tomando cuidado para não se queimar;
Acrescente mais ervas a medida que diminuir a fumaça e o perfume da ervas;
A cada parte do imóvel, vá firmando seus pedidos, repetindo sempre a cada cômodo;
Tendo percorrido o imóvel por inteira, a vasilha deve ser deixada no cômodo mais ao fundo, e lá deve permanecer até que o carvão se apague sozinho. Só então, se recolhe o conteúdo da vasilha em um papel grande o suficiente para que seja possível embrulhar tudo e se enterra o conteúdo ao pé de uma árvore;
Pode ser enterrado também em uma praça bem movimentada.

OBS: Assim como na maioria dos rituais para prosperidade, a árvore escolhida não deve conter espinhos.

SAIBA MAIS SOBRE OS PRETOS VELHOS E SOBRE COMO RECORRER A ESSAS ILUMINADAS ENTIDADES

Ajuda espiritual dos Pretos Velhos vai acabar com seus problemas – Peça ajuda espiritual dos Pretos Velhos para dar fim às mazelas pessoais, financeiras e profissionais que você pelas quais você vem passando.

As entidades de Preto Velho são conhecidas na Umbanda como as quebra-feitiços, visto que elas têm uma influência muito grande sobre os trabalhos que são realizados sobre nós. Muitas das vezes, estamos sofrendo revezes, azar, perda de dinheiro, tudo devido a trabalhos de feitiços ou olho-gordo.

Hoje, vamos fazer uma defumação para que o sinhô Preto Velho arranque de nossa áurea todo trabalho maligno de má fé realizado contra nós e contra o nosso sucesso.
Preto velho: ingredientes para a defumação

Para a defumação do Preto Velho para quebrar os feitiços, você vai precisar de:

– 1 vasilha ou balde de metal;

– 5 galhos secos de hortelã;

– 10 folhas secas de manjericão;

– 2 folhas de arruda;

– 3 folhas de louro;

– 3 cravos da índia;

– 2 colheres de açúcar;

– carvão para forrar até a metade do recipiente de metal escolhido.

Clique Aqui: Simpatia do Preto Velho para o amor
Preto velho: passo a passo para a defumação

Se você achar os seus ingredientes muito grandes, você pode tentar moê-los num potinho a parte e depois inserir na defumação mais picadinhos.

Para começar, coloque o carvão até a metade do recipiente de metal e acenda o fogo. Deixe queimando até que fique em brasa viva e a chama abaixe.

Depois, vá inserindo o resto dos ingredientes ao pouco, até inserir tudo.

Vá passando esta defumação por toda a sua casa. Esteja preferencialmente nu para que você também possa receber a benção do Preto Velho e se purifique.

Comece da sala e vá passando para a cozinha, aos quartos e, sobretudo, no banheiro.

Depois de defumar toda a casa, deixe o recipiente com as ervas defumando no quintal, para que este apague sozinho. Vá até um lugar silencioso da casa e faça a seguinte prece ao Preto Velho:

“Preto Velho, meu Pretinho protetor. Venha quebrar toda artimanha que me aflige. Que os meus bens possam ser multiplicados e que nada tire de mim o sucesso que é meu. Renove em minha vida a luz de sua promessa e me abençoe em todos os meus caminhos, como sempre o tem feito. Cuide de minha família e de todas as minhas dores. Derrame seu amor sobre o meu corpo e seja o meu amuleto eterno. Amém!”.

Coloque a roupa de novo e descanse. Tudo ficará bem a partir de agora!

Defumação a Arte da Purificação

Defumação é um processo ativo de exercício de mediunidade e por isso deve ser tratado com muito cuidado.

Todo local onde se vive, seja um templo, sua casa ou local de trabalho, pode e deve ser defumado. A Casa onde se mora principalmente, ainda mais se é uma pessoa que trabalha com a espiritualidade do santo, e que mantém em casa suas firmezas ou mesmo os seus instrumentos litúrgicos.

Todo mundo que tem “luz” própria ou que tem em si ou sua casa um local de concentração de energia, acaba sendo um atrativo para as inúmeras almas perdidas que existem vagando pela terra. Assim, ao defumarmos, nem sempre estamos tratando de afastar demandas contra nós, mas também de manter o equilíbrio de nossa própria casa.

Qualquer pessoa com ou sem uma mediunidade ativa, pode perceber quando há uma alteração no ambiente e nesses casos deve se recorrer a uma defumação. No caso de terreiros e casas de santo, onde tudo isso é mais grave ainda, ou melhor mais intenso, o início de cada sessão de trabalho deve ser precedido de uma defumação.

Considero que defumar não é um processo formal ou ordinário e sim uma liturgia e quem defuma algum lugar sempre deve se preparar porque vai estar absorvendo também as energias negativas do lugar, como um para-raio, ou um “aspirador de pó”.

Desta forma para executar essa liturgia é necessário alguma maturidade na magia, conhecimento e também procedimentos de preparação e auto-limpeza que para quem faz vai mais além do que o ato de defumar.

Em termos da maturidade na magia significa uma sintonia com os mestres e entidades que trabalham junto com ele. O conhecimento diz respeito ao método de fazer e elementos a serem utilizados tanto no defumador ou defumadores como também em procedimentos complementares.

Em termos de finalidade, o processo de defumação pode ser feita para retirar, ou seja regular o ambiente, pode ser feita apenas com o defumador doce. Uma outra um pouco mais convencional, com o defumador de limpeza (principalmente pelo terreno) e pelo doce. Fumar o cachimbo pela casa toda e depois jogar fumaça ao contrário pela porta a fora é também um excelente defumador regular.

Concentração é um elemento muito importante neste trabalho. Assim deve-se rezar antes de iniciá-lo pedindo a proteção dos seus mestres, deve cantar durante e deve-se encerrar com uma reza ou cantiga de agradecimento ou fechamento. Enfim, a defumação é um processo litúrgico complexo e que é mais do que acender um “divino” num turíbulo de alumínio.

Geralmente quando se encontra um ambiente carregado usa-se um ou mais defumadores de limpeza, que irão “queimar” ou esterilizar as energia ruins. Depois do ambiente ruim faz-se uma nova defumação com um outro defumador “doce” que irá preencher o ambiente com a energia que se quer deixar evitando assim um vazio que é a oportunidade para coisas indesejadas ou mesmo um ambiente estéril e que não traga conforto aos ocupantes do lugar.

No caso de terreiros ou casas de trabalho é similar. É comum se defumar mais de uma vez ao longo do dia de maneira a garantir a limpeza astral do lugar. No início de trabalhos com determinadas linhas, como a do povo cigano ou do oriente, pode-se passar um defumador “doce” com a finalidade de atrair e facilitar as energias destas entidades. No catimbó o cachimbo é também um instrumento de defumação e preparação do ambiente.

Pode-se usar fumos com ervas de limpeza para limpar a seção, como também pode-se colocar misturas “doces” para facilitar ou chamar a incorporação.

Os defumadores devem ter fórmulas adequadas a cada finalidade. Um pessoa experiente sabe fazer os seus e pode ter vários que são usados conforme o caso e, que combinam as ervas mais adequadas e as ervas que fazem parte do seu fundamento e de suas entidades, porque como eu disse a gente nunca faz isso sozinho.

Um exemplo de protocolo de limpeza para defumar uma casa carregada e com presença de eguns, pode-se iniciar usando um primeiro defumador somente com saco-saco, ou na falta deste com palha-de-cana ou de bambu. Estes elementos são recomendados para se defumar dentro de casa, mas deve-se retirar as pessoas antes.

Quando se vai defumar um local onde não moram pessoas ou o terreno de uma casa pode-se usar receitas como a seguinte:
– Palha de alho.
– Palha de cebola.
– Raspa de chifre de boi.
– Noz moscada.
– Assa-fétida.
– Folha de café,
– Grão de café torrado.

A composição dos defumadores é um conhecimento que deve ser desenvolvido aprendido

  • Av. Dona Sofhia Rasgulaeff 177.
    Jardim Alvorada/ Maringá /Paraná
    Telefone: (44) 3034-5827 (44) 99956-8463
    Consultas Somente com Hora Marcada.
    Atendimento: de Segunda a sexta-feira
    Das 09:00 as 19:00 horas.
    Não damos consultas:
    via WhatsApp ou via E-mail e mensagens de celular.



Sobre admin

Olá seja bem vindo ao nosso Site eu me chamo Beto de Ogum sou administrador e fundador do Centro João de Angola. Agradeço sua Visita.
Esta entrada foi publicada em Banhos de descarrego e defumações. Adicione o link permanente aos seus favoritos.